black friday

Black Friday – As tendências para 2021

Novembro é um mês muito celebrado pelos consumidores brasileiros e, no caso de 2021, o dia 26, a última sexta-feira, será um dia tido como especial, pois nele acontecerá a tão esperada Black Friday, famoso evento comercial adotado pelo varejo que oferece grandes descontos para a venda de produtos de diversas categorias. 

Seja em E-commerce, em shopping centers ou nas lojas de rua, a popularidade do evento vem aumentando em todos anos desde a sua primeira edição, realizada em 2010, graças à busca das pessoas pelas ofertas.

A expectativa de conseguir boas compras – e boas vendas – aquece o comércio de fim de ano no Brasil e prepara o cenário para as compras de festas de fim de ano. 

O que esperar da Black Friday 2021?

Em toda edição da Black Friday existe a expectativa de que sejam superados os números obtidos no evento do ano anterior. 

Em 2020, prejudicados pela pandemia e pela restrição na circulação de pessoas, os shoppings e o comércio de rua enfrentaram dificuldades e não registraram um crescimento que pudesse ser avaliado como considerável nas vendas com relação ao ano anterior.

O mesmo não pode ser dito para o E-commerce, já que, sem poder sair de casa, o consumidor mudou os seus hábitos de consumo e passou a comprar pela internet, o  que permitiu ao setor um crescimento de 31%, resultando em uma receita de mais de R$ 5,1 bilhões, números que foram considerados os maiores obtidos com relação ao volume de vendas online registrados no Brasil em todos os tempos.

Sendo assim, com a economia reaberta, e com shoppings e lojas de rua voltando a funcionar para um número maior de pessoas, é esperado que a Black Friday de 2021 supere todos os recordes dos anos anteriores e se torne o maior evento comercial da história do Brasil. 

Black Friday 2021: o foco será na experiência do consumidor

Black Friday

Por ser vista como estratégica pelos maiores varejistas do país, a Black Friday é preparada com muita antecedência pelas empresas. O foco principal tende a continuar no online, com o E-commerce na liderança das vendas, sendo praticamente consenso entre os lojistas que a experiência de compra do cliente estará entre as maiores prioridades.

É esperado que as seguintes práticas sejam realizadas:

“Esquenta” da Black Friday

Apesar de estar marcada para o dia 26 de novembro, a Black Friday nunca acontece em apenas um dia. O comércio tem o hábito de iniciar os descontos dias antes (às vezes chegam a ser realizadas liquidações durante o mês inteiro) como uma forma de preparar os consumidores, criando expectativas neles para o grande dia de ofertas. 

Também é comum que os descontos sejam continuados por diversos dias após a Black Friday, como forma de esgotar os produtos em estoque e aproveitar um pouco mais o hype causado pelo evento e levá-lo até o Natal e o Ano Novo. Acreditamos que essa também será uma forte tendência em 2021.

Foco na experiência do consumidor

Além dos bons descontos oferecidos pela Black Friday, é certo que os consumidores também estarão em busca dos varejistas que lhes possam oferecer o melhor atendimento. 

Cientes disso, e de que os clientes estão cada vez mais exigentes, as empresas também dedicarão suas atenções para a experiência de compra do consumidor, oferecendo plataformas de venda mais estáveis, maior atenção às dúvidas e uma melhor logística para agilizar a entrega. 

Todas essas iniciativas são desafiadoras em virtude do grande volume de clientes e vendas que são esperados.

Mais compras planejadas, menos compras por impulso

black friday

É pouco provável que a maioria dos consumidores compre por impulso na Black Friday de 2021. 

Com o país tendo previsão de alta para a inflação e com o desemprego ainda atingindo uma parcela considerável de brasileiros, é esperado que os clientes já saibam de antemão o que irão comprar e já tenham pesquisado em diversas lojas sobre os itens que pretendem adquirir. 

Os comerciantes deverão  saber se diferenciar dos concorrentes, compreender antecipadamente as necessidades de consumo deles e criar promoções que sejam de fato atrativas ao público.

Expectativas sobre o comportamento do consumidor

Com base em pesquisa feita e publicada por meio de infográfico da plataforma Gente, é possível conseguir orientação sobre como será o comportamento do consumidor na Black Friday 2021.

Os dados obtidos revelam que:

→  32% dos consumidores pretendem efetuar gastos com peças de vestuário.
→  29% pretendem adquirir bens ligados à tecnologia, como smartphones e televisores.
→  23% almejam itens como móveis e eletrodomésticos.
→  57% afirmam que a sua situação financeira piorou no início de 2021.

Desses últimos, 51% acreditam que terão melhores condições para comprar na Black Friday.

Sobre fatores que influenciam para a tomada de decisão no processo de compra, ter uma boa experiência e lidar com empresas que estejam preocupadas com o meio ambiente e ligadas às questões ambientais são tratadas como ações das mais importantes pelos consumidores.

Novos canais de venda, como whatsapp, redes sociais e aplicativos vêm sendo utilizados por cerca de 80% dos consumidores ao realizar suas compras em 2021 e também ocuparão lugar de destaque na Black Friday.

A pesquisa também revela que nem só de produtos viverá a Black Friday desse ano. Os serviços também serão muito requisitados, com restaurantes e delivery de fast food  e medicamentos liderando a lista dos que serão mais procurados pelos consumidores.

Essas são as nossas expectativas para a Black Friday 2021 e esperamos que todos os envolvidos, sejam consumidores ou lojistas, possam conquistar os seus objetivos enquanto contribuem para um melhor desempenho econômico de nosso país.

Está pronto para a Black Friday?

Tags: No tags

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *