Black student discussing marketing academic ideas with college team having virtual teleconference meeting sitting at desk in living room. Woman working at deadline project during online webinar

Trabalho híbrido: a combinação perfeita entre o remoto e o escritório

Variar as idas ao escritório com o trabalho remoto, exercido de casa ou de locais apropriados, é a principal característica do trabalho híbrido – modelo adotado por grande parte das empresas durante o período da pandemia de coronavírus – que tem a tendência de permanecer para 2022 como uma característica a ser consolidada definitivamente no mercado de trabalho.

O que é trabalho híbrido?

O modelo de trabalho híbrido dá a possibilidade do colaborador mesclar entre duas opções: a de exercer sua atividade profissional a partir de sua casa – ou de algum lugar apropriado como coworkings – e a de comparecer à empresa sempre que for oportuno ou assim o exigir a tarefa a ser feita.

Especialistas afirmam que o trabalho remoto é uma realidade que veio para ficar, ou seja, será permanente no mercado de trabalho, e, segundo pesquisas, os trabalhadores consideram importante que as empresas continuem com as maneiras flexíveis de colaboração.

As mesmas pesquisas revelam que o trabalho híbrido é uma opção que agrada, pois há atividades que são melhores realizadas em ambiente remoto e ele não abandona a importante presença no escritório, afinal o contato pessoal entre as equipes continua sendo visto como determinante para a melhor realização das atividades.

O trabalho híbrido decretou o fim dos escritórios?

Não é possível responder com exatidão neste momento, pois é uma análise que demanda tempo para se chegar a uma conclusão. 

Contudo, um pensamento sobre a importância dos escritórios já pode ser feito a partir de agora, podendo ser versado a partir do seguinte questionamento: o que no ambiente de trabalho hoje precisa ser feito impreterivelmente no escritório físico?

Os funcionários são um bom meio de consulta para obter um parecer sobre, pois saberão informar à empresa quais tarefas podem ser melhor realizadas de forma presencial. 

Geralmente, é pensado que:

→ Tarefas que exigem alta capacidade de concentração são melhores desempenhadas em ambiente remoto.

→ Trabalhos que pedem colaboração conjunta, e tendem a ser mais complexos, são melhores realizados no escritório.

Ambos formas oferecem benefícios, e quem adota o modelo de trabalho híbrido tende a desfrutar de uma grande vantagem já que pode aproveitar-se do melhor que cada ambiente tende a oferecer, tal como:

No trabalho presencial

→ Melhoras no relacionamento entre a equipe.

→ Maior facilidade para os gestores acompanharem o trabalho realizado.

→ O líder consegue lapidar melhor seu time.

→ Ambiente profissional melhor desenvolvido.

No trabalho remoto

→ Corte de gastos com insumos e mobiliários.

→ Possível aumento de produtividade.

→ Maior flexibilidade de horários.

→ Economia de tempo e energia por parte do trabalhador que não precisa se deslocar até a empresa todos os dias.

Como visto, o modelo híbrido tende a ser muito vantajoso e não são poucas as organizações que têm se convencido disso.

Empresas que adotam o modelo híbrido

Um estudo encomendado pelo Google Cloud junto à consultoria IDC (International Data Corporation) sobre o rumo do trabalho nas empresas brasileiras pós pandemia levantou a estimativa de que cerca de 43% delas optaram por seguir o modelo híbrido de trabalho já a partir de 2021 e que esse regime é o preferido dos trabalhadores.

Listamos, abaixo, algumas empresas que adotam o modelo híbrido de trabalho.

A BLN Contabilidade conquistou muita flexibilidade e possibilitou dinamismo à sua equipe ao adotar o modelo híbrido de trabalho. 

A empresa pensa que o formato permite que os seus colaboradores desfrutem do convívio no escritório, o que é bom para a natureza humana, ao mesmo tempo em que se sentem mais livres quando produzem de maneira remota. Assim, a BLN tem a consciência de que busca oferecer a melhor experiência de trabalho para a sua equipe.

O Bradesco é outra empresa que decidiu manter o modelo híbrido para os próximos anos. O banco, com uma decisão embasada por meio de um estudo próprio, decidiu que em torno de 30% dos seus funcionários da área administrativa não precisarão mais frequentar os escritórios em todos os dias da semana.

Mais uma instituição financeira, dessa vez o Banco do Brasil, planeja que por volta de 10 mil colaboradores adotem o modelo híbrido de trabalho. A expectativa é que cerca de R$ 180 milhões anuais sejam economizados com a medida.

O Twitter já bateu o martelo e determinou que todos os trabalhadores poderão decidir livremente sobre quais dias trabalharão de casa e em quais utilizarão o escritório. 

Leia também: H2H – Conheça a sigla que mudou o relacionamento entre cliente e empresa.

Conclusão

Muitas empresas – inclusive a BLN Contabilidade – compreenderam que é possível que seus colaboradores, por vezes, possam exercer suas atividades profissionais desde suas casas ou de outros locais de sua preferência. E essa é uma ação que pode trazer vantagens para empresários e funcionários.

Às empresas que têm o interesse em implementar o modelo de trabalho híbrido é dito que o processo deve ser muito bem planejado, para que ganhe em eficiência, e que seja integrado à rotina de forma gradual.

Com isso, dá para dizer que o futuro do trabalho não será somente no escritório ou em casa, mas em um modelo híbrido, que hoje tem se mostrado humanizado, entrega bons resultados e tem a preferência de grande parte dos trabalhadores, cabendo às leis trabalhistas adaptarem-se ao novo cenário e às empresas compreenderem melhor quais são as necessidades de seus funcionários para o melhor desempenho de suas funções. 

Tags: No tags

Comments are closed.