pexels-alena-darmel-7710111

O que é Due Diligence?

A Due Diligence, ou diligência prévia, é um grande processo de estudo, análise e avaliação setorial de uma empresa na busca por informações e documentos que vão fornecer conhecimentos a respeito da situação jurídica da organização, detalhando sobre a sua lucratividade, faturamento e despesas. 

Todos os setores podem ser avaliados pelos processos da Due Diligence. Seus estudos, comumente, envolvem procedimentos de aspectos financeiros, previdenciários, contábeis, jurídicos, trabalhistas e tecnológicos da empresa. 

Por causa da grande exigência técnica para se fazer a Due Diligence, é indicado que ela seja feita por profissionais qualificados para a função. Contadores experientes não terão dificuldades em realizá-la com qualidade para a sua empresa.

Por qual motivo devo realizar a Due Diligence na minha empresa?

A resposta é simples: para que você tenha uma visão real sobre a situação do seu negócio. Inclusive, a Due Diligence é indispensável para empresas que estão passando por processos de venda, incorporação ou fusão. 

Para ficar melhor detalhado para você, estes são alguns dos procedimentos que serão exercidos pela Due Diligence:

→ Análise detalhada de documentos, demonstrações contábeis e financeiras;

→ avaliação da situação financeira da empresa;

→ verificação de oportunidades ou riscos para o negócio;

→ análise de toda a situação contábil.

Para também melhor ilustrar para você, estes são os alguns aspectos da empresa que serão melhor compreendidos pela Due Diligence:

→ Projeções futuras da empresa;

→ posicionamento de mercado;

→ situação fiscal e contábil;

→ verificação da existência e posicionamento dos principais concorrentes;

→ descoberta de fraudes que podem estar sendo cometidas por fornecedores, colaboradores ou clientes.

O empresário que busca fundir ou vender a sua empresa deve manter-se atento à situação atual do seu empreendimento, estando ciente do que deve ser melhorado, de quais processos podem render mais e sobre os problemas que podem ocorrer, buscando evitá-los. No caso da venda, os procedimentos da Due Diligence permitirão ao comprador saber em qual modelo de negócio ele está inserido.

Resultados da prática Due Diligence

Os resultados vão depender dos objetivos dos empresários. Caso os objetivos sejam os da venda ou fusão, o relatório obtido será enviado à parte interessada para que essa possa elaborar o contrato de transferência ou providenciar os documentos necessários para a realização da atividade pretendida.

Caso o interesse seja o de conhecer melhor a própria empresa, o empresário terá informações suficientes para amparar as suas tomadas de decisões, conquistar novos clientes, ganhar mais espaço no mercado e obter maior segurança.

Uma Due Diligence bem feita permitirá à sua empresa alçar voos maiores! E contratar uma consultoria contábil de qualidade será um grande diferencial!

Curtiu? Acesse nosso blog e confira mais posts sobre outros assuntos para o seu negócio 🙂

Tags: No tags

Add a Comment

Your email address will not be published. Required fields are marked *